Mensagem Bíblia Diária

Pr. Wagner Cipriano

Cultura Evangélica

Deus transforma em bem todo o mal

Crescer em cima dos méritos alheios sempre foi uma tática dos mais espertos. Enquanto uns realizam, outros crescem roubando idéias e tomando para si o reconhecimento que não lhes pertence.  O diabo é assim, e sempre usa os ímpios, seus servos, para frustrar o caminho dos justos. Muitas vezes nos deparamos com bandos de ímpios ao nosso redor, que nos despojam sem misericórdia(Salmo 119:61). O cristão acaba desprezado e injustiçado mesmo quando deveria ser reconhecido. Mas Deus deixou um remédio para tudo isso: o clamor, o jejum e a oração. Essa lição está no Livro de Ester e nos lembra de não desanimar nunca, porque Deus sempre pode transformar em bem todo o mal:
Por anos a fio o judeu Mardoqueu passou por isso. Enquanto o falso e hipócrita Hamã crescia diante do rei Assuero com mentiras e bajulações, o sincero Mardoqueu seguia relegado ao esquecimento, mesmo tendo sido o responsável por salvar o rei de um atentado contra sua vida. Tudo que fazia não tinha reconhecimento. Hamã se encarregava de filtrar a verdade aos ouvidos do rei. Quantos não pecam diariamente, filtrando a verdade, para que outros não recebam seu devido reconhecimento? Hamã está aí, no seu trabalho? Ele está recebendo por você o reconhecimento que te pertence? Deixe ele crescer em paz, mas lembre-se de começar a orar e jejuar. Quando Deus operar,  Hamã cairá por seus próprios conselhos. 

No Livro de Ester podemos ver o Deus justo ao qual servimos aguardando pacientemente o nosso clamor. Ele permite que os "hamãs" da vida sigam em seus planos diabólicos. Mas se você é cristão, não se irrite, mas descansa no SENHOR, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos.(Salmos 37:7)
Hamã seguia em seus planos de projeção política, usurpando de Mardoqueu seu trabalho honesto voltado ao bem do rei e do reino. Mas Hamã não se contentava em conquistar posição e destaque: intentava matar Mardoqueu e todo o povo judeu, ao qual nutria ódio mortal. Para alcançar seus objetivos, apresentou ao rei seu mentiroso e astuto projeto: Existe espalhado e dividido entre os povos em todas as províncias do teu reino um povo, cujas leis são diferentes das leis de todos os povos, e que não cumpre as leis do rei; por isso não convém ao rei deixá-lo ficar.Se bem parecer ao rei, decrete-se que os matem; e eu porei nas mãos dos que fizerem a obra dez mil talentos de prata, para que entrem nos tesouros do rei. - Ester 3:8-9.

O diabo sempre usa pessoas como Hamã para falar suas mentiras contra o povo de Deus. Enquanto os cristãos verdadeiros são praticantes da justiça, da verdade, da paz, do amor e do respeito ao próximo, o diabo os apresenta como "pessoas diferentes", com suas próprias leis, que não convivem bem com os demais povos, o problema que precisa ser removido. Realmente o cristão é "diferente", porque traz em seu caráter e obras a imagem do próprio Deus.  Ama e trabalha para o bem de todos, não somente para o seu. 
Enquanto isso, o inimigo da Cruz trabalha incessantemente para nossa destruição. Tudo que os hamãs da vida fazem é fruto do ódio desse espírito satânico, que os influencia e usa em seus astutos projetos para denegrir, roubar, espoliar e destruir o povo de Deus. Ele sabe que estamos destinados a sentar no trono do próprio Deus, enquanto ele já está julgado e condenado e seu futuro é arder no lago de fogo, na companhia de todos os hamãs que seduziu, enganou e usou a seu bel prazer. 
Por isso, clame. Quando Hamã te cercar, lembre-se do remédio infalível das Escrituras Sagradas: o jejum e a oração. Esse é o poder do povo de Deus. Demorar a usá-lo dará muita alegria e prosperidade aos hamãs. Então, não perca tempo. Jejuando e orando, clame, e Deus te fará justiça. Somente Ele, Deus, tem o poder de transformar todo o mal em bem, desmascarando as mentiras do diabo e devolvendo a nós os méritos perdidos, roubados e não reconhecidos. A bênção de Deus enriquece, e não acrescenta dores. Busque ao Senhor e clame: Hamã cairá e a Justiça prevalecerá. Deus ama a verdade e a Justiça e é ela que deve prevalecer na sociedade, enquanto a Igreja Noiva de Jesus Cristo ainda fizer parte dela. O cristão pode ser desprezado, mas é o responsável por evitar que o diabo estabeleça, definitivamente, seu império no mundo. No Arrebatamento da Igreja, o caminho ficará livre aos hamãs, que transformarão o mundo num imenso palco de mentiras, ódios, guerras e destruição, o caos que marcará o reino do anticristo. Se Hamã pudesse meditar no seu fim, certamente daria ouvidos ao conselho bíblico de amar e respeitar a todos, mas principalmente ao cristão, porque a Bíblia aconselha: benditos os que te abençoarem, e malditos os que te amaldiçoarem.(Números 24:9). 
A vitória é certa sempre,  como disse Deus a Abraão, esforçando-o para enfrentar os obstáculos que encontraria em sua caminhada:  Abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra - (Gênesis 12:3).

Portanto, jamais se desespere diante da ação do mal, porque em todas as situações o mal poderá ser transformado em grandes bênçãos a seu favor:
E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. 
Romanos 8:28 
Related Posts with Thumbnails